A relação do consumidor brasileiro com a publicidade e o vídeo

Um estudo recente aponta que a publicidade é a maior fonte de informações para o brasileiro, quando ele pretende investir na compra.

A pesquisa “The new realities of marketing” foi feita em 2013 pelo grupo Interpublic, dono de algumas das agências mais importantes do mundo e constatou que o valor que o brasileiro dá à publicidade é até maior que em outros mercados importantes, como nos EUA por exemplo, no qual a publicidade aparece somente no 5° lugar como fonte de informação determinante para a compra.

De acordo com o estudo 51% dos entrevistados consideram que as informações da publicidade realmente esclarecem sobre o produto e influenciam na decisão de compra.

 old-tv

Nesse contexto o vídeo passa a ter um papel fundamental, especialmente pelo fato de que a linguagem visual é algo comum, já que a TV é uma realidade presente na grande maioria dos lares brasileiros há anos.

Devido à proximidade do brasileiro com a publicidade veiculada na TV, e associando a isso, o aumento constante do acesso à internet em plataformas móveis, nota-se uma grande expansão e importância da comunicação em vídeo na web.

The-Smartphone-Can-Expand-Your-Video-Marketing-Strategy-610x343

Hoje mais de 1 bilhão de usuários visitam por mês o Youtube e dedicam mais de 4 bilhões de horas assistindo a vídeos. Da mesma forma que o estudo do grupo Interpublic mostra o vínculo do brasileiro com a publicidade, vários outros relacionados ao acesso de vídeos na web apontam que 52% dos consumidores afirmam que o vídeo influencia na decisão de compra e 76% dos comerciantes planejam adicionar vídeos aos seus sites.

O momento é ideal para investir em vídeo. Quer conhecer mais sobre isso? Veja mais no infográfico.

VdB VideoMarketing 600px [Infográfico] Video Marketing: Um minuto de vídeo vale mais que 1.8 milhões de palavras!
» Clique Aqui para baixar uma versão em Alta Resolução desse infográfico «

Fontes:

Meio e Mensagem

Viver de Blog

 

LEAVE A REPLY

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *